Por que temos que ter muito cuidado ao comprar ações de estatais?

Antes de falar de ações, eu gostaria de começar esse texto prestando solidariedade à todas as pessoas afetadas pela catástrofe ocorrida no último final de semana. Sei que nosso assunto aqui é investimentos, mas dinheiro algum conseguirá reparar as perdas de Brumadinho.

Uma empresa privatizada, deixa de ser estatal?

Não poderia deixar de começar este texto falando da Vale S.A., que muito podem me perguntar se a Vale é de fato estatal ou privada, e a resposta não é tão simples de ser dada.

Isso porque, em tese, o governo tem poderes para influenciar a gestão da Vale, mesmo após a sua privatização. A multinacional brasileira é controlada pela Valepar, que tem como acionistas o fundo de pensão Previ (49%), a Bradespar (21,2%), a japonesa Mitsui (18,3%) e a BNDESPar (11,5%). Se considerarmos os votos da Previ e do BNDES, o governo pode bloquear qualquer iniciativa da empresa.

Os investidores controlam uma empresa estatal com suas ações?

Outro exemplo de empresa controlada pelo governo é a Petrobras, que possui a economia mista. É classificada como mista a economia de uma empresa que recebe investimento público (governo) e privado (investimentos realizados por meio da compra de ações negociadas na bolsa de valores).

Como a Petrobras é estatal, a maioria dessas ações devem ser do Estado brasileiro, por conta disso, o governo garante um grande poder sobre as decisões da tomadas pela companhia.

O que devo estar ciente nesses casos?

Esteja ciente que você pode ficar um bom período sem receber dividendos. A Petrobras ficou mais de 4 anos sem bonificar seus acionistas, uma vez que a empresa entrou numa crise gigantesca por corrupção nos governos anteriores. Por outro lado, a Eletrobras não é lucrativa há alguns bons anos e mesmo assim paga dividendos, aumentando cada vez mais a sua dívida.

Considerando que o governo dificilmente decretará falência de uma empresa estatal, geralmente a empresa é privatizada quando uma solução não é encontrada, essas empresas costumam ter um endividamento demasiado. Sendo este um ponto que sempre analiso nas empresas que compro. Particularmente, não gosto de empresas com grandes dívidas.

Só para ilustrar o que escrevi no parágrafo anterior, a Petrobras possui uma dívida que é superior ao seu patrimônio, ou seja, se a Petrobras vender todo o seu patrimônio, não é suficiente para pagar a sua dívida. E isso também ocorre na Eletrobras.

Além disso, escândalos de corrupção da empresa ou do governo e decisões amadoras podem fazer as ações das estatais cair vertiginosamente. Vide o que vimos nas primeiras operações da Lava-Jato.

Não devo comprar ações de empresas estatais?

Assim como só comprar estatais é um erro, não comprar de jeito nenhum também é. Geralmente, friso que geralmente, as empresas estatais são má administradas, por isso que a privatização de empresas sempre é um assunto muito falado nesse meio.

Pegando um exemplo de uma empresa estatal que possui a gestão mais adequada, e ainda faz parte das empresas mais queridas da bolsa de valores, é o Banco do Brasil. Não possui dívidas, paga rendimentos com frequência, seu patrimônio continua a crescer, assim como o seu lucro.

Assim como o Banco do Brasil, podemos encontrar diversas empresas estatais que possuem a sua gestão profissionalizada e prestam serviços equivalentes ou superiores a empresas privadas.

Vamos construir uma Carteira de Sucesso?

Espero que você tenha gostado deste artigo e que ele tenha te trazido reflexões positivas para incrementar a sua carteira de investimentos.

Se você acredita que é capaz de montar uma carteira diferenciada sem ser refém do seu gerente de conta e gostaria de aprender mais sobre investimentos, há um plano de mentorias que pode te ajudar a começar a planejar os seus investimentos. Você encontra maiores informações NESTE LINK.

Comentários