Perfil recomendado para investidores iniciantes

Como investidor que ainda busca o seu primeiro milhão e que não começou a tanto tempo atrás essa busca, tenho muito fresco em minha mente todas as inseguranças que senti ao começar a investir. Especialmente porque ainda não conhecia qual era o meu perfil de investidor.

Insegurança é normal

Além da insegurança, que é perfeitamente normal no início de uma nova jornada, temos todas aquelas perguntas congelantes que te atordoam quando pensamentos em começar a investir. Junto com aquele medo de perder “todo o dinheiro”, não é?!

O que eu vou te falar agora é o método que eu utilizei durante muito tempo até me sentir seguro para me aventurar em outros tipos de investimentos. É importante considerar que cada investidor possui um perfil e uma técnica que vai proporcionar melhores resultados. Espero que esse método faça sentido para você.

Lá em 2015, eu saquei todo dinheiro da minha poupança e comecei a dividir em investimentos em renda fixa com melhores rendimentos. A verdade é que hoje eu não investi tão bem quanto eu achava que havia investido. Erro meu ao acreditar em tudo que meu gerente de conta me disse.

Hoje há muita fonte de informação interessante para se informar sobre melhores investimentos. Além disso, há diversos mentores que ajudam a montar uma Carteira de Sucesso. Caso você se interesse, estou ajudando pessoas do Brasil inteiro NESTE LINK.

Quais investimentos começar?

Voltando aos meus primeiros investimentos, foquei bastante em títulos do tesouro direto (híbridos). Explorei as LCIs de um banco de confiança (que não me rendeu o tanto que eu gostaria, pouco mais de 75% do CDI). Ainda, arrisquei em CDBs que pagavam uma boa taxa (investimento mais arriscado porque eu considerava bancos de “segunda linha”).

Além desses investimentos, comprei algumas debêntures e CRAs. Atitude bastante arrojada de investir em algo que eu não conhecia muito na época em que pouco sabia sobre esses títulos. Hoje fico muito feliz quando elas pagam, porque foram ótimos investimentos.

É claro que eu preciso lembrar que em 2014, considerando nossa situação econômica, qualquer renda fixa bem investida rendia em torno de 14% ao ano. Atualmente, com a recuperação do nosso mercado, os investidores precisam ser mais criativos se buscam melhores rentabilidades.

Considerando nosso mercado atual, talvez um perfil mais conservador, como o que eu adotei, não seja o ideal para você. Contudo, isso nós podemos descobrir em se investigarmos melhor quais são suas aspirações e os seus receios.

Por isso, alerto que é extremamente importante conhecer o seu perfil de investidor e avaliar qual é a exposição que você está disposto a colocar os seus investimentos. Só assim você será capaz de potencializar o poder do seu dinheiro. Caso queira saber mais, CLIQUE AQUI ou acompanhe o meu perfil no Instagram CLICANDO AQUI.

Comentários