Carteira de Sucesso

Auxiliando o investidor comum a construir uma carteira de sucesso

Como tudo na vida, sua independência financeira deve estar muito bem definida no seu propósito.

Meu objetivo é viver de renda após os 35 anos. E o seu?

Pablo Bizzi

Carteira de SucessoComo surgiu esse projeto?

Sempre fico muito feliz em contar como comecei este belo projeto, e você acredite ou não, começou após muitas conversas em grupos de WhatsApp, directs no meu Instagram pessoal, diversos “Bitcoin caiu, será que compro?” e, é claro, um empurrãozinho de pessoas especiais.

Entre “idealizar” e “executar” existe muito mais do que é dito por aí. Digo isso porque anos atrás, eu idealizei que gostaria de me “aposentar” aos 35 anos, ou seja, adquirir um patrimônio que me rendesse mensalmente um montante superior à minha expectativa salarial.

Na época em que comecei a investir, havia na minha conta POUPANÇA pouco mais de R$ 10.000, dinheiro esse que eu juntei trabalhando como freelancer desenvolvendo sites, sistema e aplicativos, sendo bolsista de iniciação científica na graduação e sendo bolsista no meu curso de mestrado.

Contudo, eu notava que meus investimentos não rendiam o tanto que eu gostaria. Achava estranho que outras pessoas obtinham rendimentos melhores, mas tinha muito medo de investir em ações ou fundos por achar “muito arriscado”. Por isso me contentava com meus rendimentos atuais.

Sempre me interessei por essa coisa linda chamada dinheiro, mas confesso que não sabia manipular muito bem ele quanto se tratava de INVESTIR, eu só sabia POUPAR. Minha família sempre foi muito tradicional quando se tratava de investimentos, e quem não estava endividado, investia apenas em poupança porque “ERA SEGURO”. E essa crença foi passada para mim e aplicada até alguns anos atrás.

Foi quando alguém muito especial (minha esposa) colocou uma pulguinha atrás da minha orelha dizendo que eu estava “PERDENDO DINHEIRO” ao deixar meu dinheiro em poupança. Ora, que absurdo, logo eu que cuido tanto do meu dinheiro, como eu poderia estar perdendo dinheiro? Eu perdia dinheiro porque o “bicho papão” chamado inflação estava em um patamar tão elevado que a poupança não rendia o tanto que meu dinheiro desvalorizava. Isso despertou em mim a vontade de entender como tudo isso funcionava e garantir que não acontecesse novamente.

Foi quando eu fiz uma verdadeira imersão em leituras, cursos e tudo que você pode imaginar que alguém determinado em fazer o dinheiro render pode fazer. Estudei todas as metodologias de sucesso e ainda me dei ao luxo de adaptar algumas para fazer funcionar melhorar para o meu perfil de investidor. Procurei mentores e investidores que obtinham sucesso em suas carteiras, e aprendi o máximo que pude com pessoas incríveis.

Hoje, com 26 anos, estou com 40% da minha meta concluída, a meta de viver com meus rendimentos. Além do objetivo financeiro, tenho meu projeto pessoal de ajudar cada vez mais pessoas a revolucionarem o modo que lidam com seus investimentos, e esse projeto vai te ajudar nessa caminhada também.

E você, qual é o seu objetivo? Seja ele qual for, vamos trilhar esse caminho juntos?

Parabéns por ter chegado até aqui. Você está a poucos passos de começar a revolucionar sua vida financeira.

Te convido a sair da sua zona de conforto e transformar seus investimentos!

Últimas notíciasFique sempre muito bem informado!

Posts recentes